Tarefas de casa: Importância e função na vida do estudante


Faz parte da vida escolar, pelo menos alguns dias da semana, as tarefas de casa. Ela é uma ponte entre a escola e a família, pois dá oportunidade para que a criança possa falar com a família sobre o que está aprendendo, e a família participar da evolução do ensino e aprendizagem do filho.

A tarefa de casa, também conhecida como tema, possui uma função pedagógica importante. Além de ensinar a criança a construir uma relação de responsabilidade e autonomia, favorece o hábito do estudo.

Os pais podem e devem ajudar os filhos neste momento, começando por organizar em casa um local e um horário para que possam fazer suas atividades.

Lembramos ainda que as tarefas que forem escritas pedindo a ajuda da família, os pais deverão escrever para a criança. Caso contrário, as crianças deverão fazer sozinhas, pois tudo que é enviado como tarefa já foi explicado em sala.

No entanto, dependendo do tamanho das crianças, elas ainda sentem dificuldades nesta rotina e não conseguem se organizar sozinhas. Para auxiliar neste processo, os pais devem ajudar, organizando o tempo e providenciando um local adequado, além dos materiais necessários (lápis, borracha, tesoura, cola, lápis de cor), pois caso o estojo com lápis fique na escola, poderão desenvolver as atividades da mesma forma.

Vale lembrar que o papel dos pais é estar junto, estimular, apoiar e demonstrar interesse, mas nunca fazer a tarefa para o filho e nem ficar pegando na mão dele.

CELS incentiva crianças a ter autonomia na execução das atividades

Na escola as crianças aprendem a ter autonomia.

Aos poucos, a criança vai desenvolvendo a responsabilidade, percebendo que fazer os deveres pode ser um momento agradável e prazeroso. Além disso, os pais podem mostrar para os filhos que a tarefa de casa é como qualquer outra tarefa que a criança tem, como por exemplo, guardar os brinquedos, arrumar a cama, entre outras.

A postura de pais que querem terminar logo a atividade ou que, na ânsia de ajudar, acabam fazendo a lição da criança é muito prejudicial. As crianças perdem a oportunidade de aprender, e os professores perdem a chance de avaliar a evolução da criança. Lembre-se sempre: a principal forma de ajudar o seu filho a fazer sua tarefa é deixar a criança fazer do seu jeito.

Crianças são orientas para fazer sozinha a atividade - CELS

Oriente, mas deixe a criança fazer do seu jeito.

Para que a lição de casa atinja seu objetivo, cabe ao professor orientar a criança em cada lição, ou seja, explicar em sala o que deverá ser feito em casa, esclarecendo os objetivos da atividade. Aos pais, fica a tarefa de incentivar e auxiliar durante este momento. É importante reforçar que a tarefa de casa é uma ferramenta educacional e serve para revisão de conteúdos visto em sala, para preparar o aluno para um novo conteúdo ou ainda para aprofundar o conhecimento em algum tema específico. 

Não conseguiram fazer a tarefa? Mesmo assim mande a apostila e/ou caderno para escola no dia seguinte, assim o estudante não será prejudicado para fazer as atividades de sala também.  Aqui no CELS, a frequência de envio de deveres já é preestabelecido no início do ano, dessa forma, fica mais fácil para os pais se programarem e organizarem seu tempo e o tempo da criança.

Agora que você conhece a importância e a função das tarefas de casa, e tem consciência de que elas não foram criadas simplesmente para preencher o tempo do aluno em casa, mas sim para colaborar no desenvolvimento do aluno no processo de aprendizagem, compartilhe a sua experiência quanto pais ou familiar que acompanha o aluno na sua tarefa de casa.

The following two tabs change content below.
Lívia Salgado

Lívia Salgado

Diretora e Psicopedagoga at CELS - Centro Educacional Lívia Salgado
Lívia Salgado se declara mineira, pois se mudou ainda criança para Belo Horizonte, onde desde cedo trabalhou com crianças e estudou magistério no IEMG (Instituto de Educação de Minas Gerais). Também atuou como professora e coordenadora pedagógica antes de ter sua própria escola ainda em BH. Logo após se mudou para Santa Catarina, onde se formou em Pedagogia pela Unisul e fez especialização em educação infantil. Na sequência fez Pós Graduação em Psicopedagogia. Desde 2005 atua como coordenadora pedagógica do CELS, escola de educação infantil que leva seu nome, onde busca o desenvolvimento individual e pleno da criança no contexto social e cultural no qual está inserida. Mãe de dois filhos, apaixonada pela família e atividades domestica, adora seu lar onde se distrai cuidando de seus animais e plantas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *